15 de out. de 2012

o que significa o código do número de chassi?



VOCÊ COM CERTEZA JÁ FOI QUESTIONADO em relação ao número de chassi do seu carro em uma visita à concessionária ou ao pesquisar por uma peça. Diferentemente do seu RG ou CPF, essa sequência de 17 letras e números seguramente não faz parte da sua memória. Vamos então esclarecer o que representa esse enorme código, que se tornou obrigatório em todo o mundo somente em 1980.

Os três primeiros sinais são responsáveis pela identificação do fabricante. O primeiro é a região geográfica, o segundo identifica o país de origem e o terceiro – combinado aos dois primeiros – identifica o fabricante, no caso da foto, a Land Rover.

Do quarto ao oitavo dígito, temos as características daquele veículo, mas nesse caso o uso difere para cada fabricante. Em nosso exemplo, o quarto sinal pode significar o peso ou o peso e a potência do carro. Na quinta posição é identificado o tipo de plataforma: se é furgão, picape ou reboque, por exemplo.

Nessa fila, o sexto lugar diz respeito ao modelo e é um código especial utilizado pelo construtor a fim de identificar cada modelo de sua marca. O sétimo sinal é responsável por identificar o tipo de carroceria, se é um sedã, um hatch, um monovolume, entre outros. Por último, nesse conjunto está o dígito que é responsável por trazer informações sobre o motor, podendo ser relacionado à capacidade cúbica ou ao número de cilindros.

A terceira sequência, que vai do nono ao 11º, é padrão para todos os fabricantes. Refere-se à confirmação do RG do seu veículo por meio de uma fórmula matemática, que leva em conta o ano do modelo (e não o ano de fabricação). Cabe ao 11º sinal identificar a fábrica da qual aquele carro saiu.

Finalmente, os últimos seis dígitos – do 12º ao 17º – são chamados de caracteres VIS e servem para identificar cada veículo. Dos seis sinais, os últimos quatro precisam ser necessariamente números e através deles é possível descobrir a sequência de produção ou linha de montagem onde aquele automóvel foi construído.

Fonte: Carros Online

0 comentários:

Postar um comentário

De a sua Opinião ou tire suas dúvidas.